Angelina Jolie fala sobre relação com Brad Pitt

20170221143431916997oA atriz Angelina Jolie expressou algumas palavras conciliatórias ao seu ex-marido Brad Pitt e disse ter esperança de que sua família sairá do processo de divórcio “mais forte”, em uma entrevista divulgada nesta terça-feira. Jolie e Pitt – que formavam um dos casais mais famosos de Hollywood – atravessam um processo de separação difícil, que ocupou as primeiras páginas dos tabloides. “Estamos nos concentrando na saúde da nossa família”, disse Jolie no programa Good morning America, da rede ABC. “Quando sairmos disso, seremos mais fortes, porque é o que decidimos fazer como família”.

Perguntada se continuava a considerar Pitt um “pai maravilhoso”, como ela se referia no passado, afirmou: “É claro, é claro. Sempre seremos uma família, sempre”. Jolie, de 41 anos, pediu o divórcio em setembro citando “diferenças irreconciliáveis” em meio a rumores do comportamento violento de Pitt com seu filho mais velho. O ator, de 53 anos, foi investigado pelo FBI e pelos serviços sociais de Los Angeles, sendo posteriormente inocentado de qualquer suspeita. A atriz quer a guarda exclusiva de seus seis filhos, enquanto Pitt quer compartilhá-la. Depois de meses de silêncio sobre o assunto, Angelina Jolie, que está no Camboja promovendo seu novo filme, First they killed my father, também conversou com a BBC.

“Eu não quero falar muito, apenas dizer que foi um momento muito difícil … e nós somos uma família, sempre seremos uma família e nós vamos sair dessa, e isso permitirá que nós, espero, nos tornemos uma família mais forte.” “Muitas pessoas passam por esta situação”, disse ela. “Concentro-me em meus filhos, nossos filhos e em como sair dessa.” O casal se casou em agosto de 2014, na França, após dez anos de relacionamento. “Muita gente se encontra nesta situação. Meu entorno, minha família… Todos estamos passando por momentos difíceis. Estou focada nos meus filhos, nossos filhos… e meu objetivo é encontrar este caminho”, afirmou Jolie.